Título: O ano em que te conheci

Autora: Cecelia Ahern

Editora: Novo Conceito 

Páginas: 336

Ano:2016 

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e estão em uma encruzilhada. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.

*livro recebido em parceria com a editora.

Oii galera, hoje a resenha é do livro "O ano em que te conheci" da Cecelia Ahern, recebi de parceria com a editora Novo Conceito (muito obrigada!), foi o meu primeiro contato com essa autora e já posso dizer que está mais do que aprovada, eu amei o livro, já quero ler mais coisas dela. Bom, no livro conheceremos a história de Jasmine e Matt ambos são vizinhos, porém nunca tiveram nenhum tipo de contato, a única coisa que sabemos é que a Jasmine não suporta Matt. Após serem obrigados a tirarem uma licença do trabalho eles passam a ter contato das formas mais inusitadas possíveis, mas é a partir desse momento que nascerá uma amizade.

"Não sou um stalker, mas é que você também torna muito difícil não ficar à sua espreita. Você é um ato circense completo e não consigo resistir em ser seu público."

Jasmine é uma mulher que sempre foi muito focada na vida profissional e nunca teve tempo para questões pessoais como família, amor e amizades. Quando ela é praticamente demitida do lugar que trabalha ela começa a rever certos conceitos e mudar algumas atitudes. Matt, por outro lado, é um locutor de rádio e seu programa é de comédia, ele sempre vivia bebendo e levando a vida na curtição, porém quando ele faz um programa muito polêmico os seus chefes acabam dando uma licença do trabalho para repensarem na sua atitude, nesse tempo ele se entrega a bebedeira e para completar sua família e seus filhos saem de casa abandonando-o, é nesse período que ele conhece Jasmine. E nesse convívio, eles começarão uma nova vida de aprendizagem, companheirismo e amizade.

O mais interessante do livro é a comparação entre as estações do ano e amizade dos dois, tudo se torna tão real e mágico, porque o leitor percebe que nem tudo são contos de fadas e que as pessoas erram sim e são esses erros que as tornam tão humanas, a autora criou personagens que nos passam essa mensagem de aprender com as nossas falhas e tentar sempre ser uma pessoa melhor. A narrativa é em primeira pessoa sob o ponto de vista da Jasmine, além disso, o livro conta com uma dose de humor e em um segundo plano um romance fofinho.

"O ano em que te conheci" é um livro que te fará rever conceitos e atitudes, um livro leve e divertido, que explora como as pessoas podem renascer para o novo , florescer para o belo e o quanto é importante conhecer a si mesmo ver quais são nossas fraquezas, medos e inseguranças e nos compreender melhor, é uma leitura linda e reflexiva.

"Eu sei que a gente nunca para mesmo, nossa jornada nunca está completa, porque nós continuaremos florescendo- assim como a lagarta que pensou que o mundo tinha acabado então se tornou uma borboleta."



Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!




2 Comentários

  1. Olá.
    Fico feliz que tenha gostado da escrita da Cecelia. Leia outros livros e você irá gostar ainda mais. Para mim, esse não foi o melhor da escritora. Achei cansativo. Espero que você aventure-se em outros e goste tanto dela quanto eu. :D

    Beijos. | * Sorteio: A Rebelde do Deserto *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, nossa que pena que vc achou cansativo, eu gostei muito mesmo, quero sim ler mais coisas dele, ps eu te amo tá na minha lista, eu só vi o filme, mas imagono que o livro seja melhor.
      - Beijos, Carol!

      Excluir