Título: Um Estranho no Espelho

Autor: Sidney Sheldon

Editora: Record

Páginas: 292

Ano: 1994

Sinopse: Hollywood, a grande fábrica de ilusões. É na capital mundial do cinema que o jovem comediante Toby Temple faz de tudo para conseguir colocar seu nome no lugar mais alto dos letreiros luminosos. Uma posição que não se alcança apenas com talento, mas à custa de muito trabalho sujo, sexo por interesse e intrigas nos bastidores. Bem-sucedido, mas solitário, ele se apaixona por Jill Castle, uma candidata a estrela que se submetia aos desejos mais pervertidos dos produtores em troca de pequenos papéis. Porém, ele não pode saber do passado da amada, e ela lutará para se manter como a esposa do famoso comediante, custe o que custar.

Oii galera, enfim depois de um tempinho bom sem ler nada do meu autor favorito eis que leio "Um estranho no espelho" e fiquei surpresa com esse livro, porque estava esperando um mistério daqueles de "tirar o fôlego" que é bem típico do escritor, mas o que eu vi foi um livro que me pareceu mais um drama, e vindo do Sheldon não é algo que estou acostumada, no entanto não me decepcionei com o livro.... bom talvez tenha me decepcionado um pouco haha, não foi algo que eu estava esperando.

A trama gira em torno de Toby Temple um jovem que quer chegar ao estrelato como comediante e de Jill Castle uma jovem que quer ser uma atriz famosa, o livro é divido em duas parte e um prólogo: o prólogo se inicia com bastante ação e suspense (o que me fez achar que seria um livro de suspense, porém estava enganada) que deixa o leitor ansioso para saber o que irá acontecer, porém o desenrolar dessa situação só saberemos no final do livro. Ou seja, o livro contará na primeira parte como foi a vida desde criança até adolescência de ambos os protagonistas e todos os perrengues que eles passaram até chegar à Hollywood "a cidade da fama, de pessoas famosas", a segunda parte do livro se caracteriza por mostrar como os personagens conseguiram sua "fama" e como o caminho de ambos se cruzaram.

"Há uma mística que envolve o nascimento de um novo astro. É como se uma mensagem telepática misteriosa fosse transmitida instantaneamente para os quatro cantos do mundo dos espetáculos."

Mas, a história não fica só nisso não, durante todo esse percurso Sidney aborda temas como religião, sexo, amor, dinheiro, fofocas, ganância, caráter e tudo de sujo que é necessário para muitas vezes conseguir a tão sonhada fama. É espetacular a forma como o autor crítica a sociedade e as relações sociais, através de personagens complexos e com inúmeras facetas vamos vendo a verdadeira realidade da fama que muitas vezes não parece ser tão bela e fácil igual achamos que é. 

No entanto, digamos que o livro não me agradou tanto pelo simples fato de que é uma leitura cansativa e arrastada, o autor foca tanto em narrar a fundo como era a vida dos personagens antes de serem famosos e a vida monótona que eles tinham e essa monotonia se prolongava durante muitos capítulos, mesmo tendo lido o livro em dois dia e meio (o que eu acho rápido) achei muito chatinho, pensei as vezes em parar a leitura, mas a vontade de saber o final era mais forte e eu não desisti da leitura (mas foi quase hein). O que acredito que  tenha ajudado foi que a escrita do Sheldon é tranquila, apesar de ser uma escrita que caracteriza à fundo os personagens destacando suas fraquezas, pontos altos, objetivos, sentimentos e ações.

"Um estranho no espelho", não é um livro de mistério ou repleto de ação, na verdade é mais um drama que pode parecer cansativo devido aos capítulos serem focados na vida de Toby e Jill, mas é de grande impacto social, com grandes críticas à nossa sociedade, é uma leitura que tratará de como funciona as relações sociais, de como muitas vezes o mundo é injusto - o rico governa e o pobre obedece - de como o caráter de uma pessoa pode se transformar, uma história completa e a qualidade da obra é inegável.

"Se tem que acontecer, vai acontecer. O destino virá a seu encontro, não precisa sair à procura dele."











4 Comentários

  1. Oi xará!
    Eu adoro o Sidney Sheldon! Entendi o que vc quis dizer na resenha, mas acho que já li algumas coisas dele que n eram tanto mistério/suspense assim. Na verdade ele gosta muito dessa parte da construção dos personagens né, faz questão de mostrar todo o passado e talz.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
    Hoje tem dica de série no blog ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii xará, agora fiquei curiosa, quais outros vc leu dele? Hahahaha então acho que o ponto forte do Sheldon é construir tão bem os personagens mostrando o passado e todas as qualidades e fraquezas deles.
      -Beijos, Carol!

      Excluir
  2. Oi, flor *.*
    Ainda não li nada do Sheldon, acredita?
    Morro com isso :/
    Mas esse ultimo quote é daqueles de se levar pra vida e eu já copiei aqui rs

    Bom final de semana ;)
    Beijinhos :*
    Thay - Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thay, menina como assim vc ainda não leu nada dele? Hahaha vc precisa ler um livro dele são ótimos, esse quote dele ficou ótimo né, realmente uma frase pra se levar pro resto da vida.
      -Beijos, Carol!

      Excluir