Título: A Garota Certa

Autora: Ali Cronin

Editora: Seguinte

Páginas: 296

Ano: 2014

Sinopse: Para Ollie, sexo sempre foi sinônimo de diversão, e namorar sério era algo assustador. Durante muito tempo seu estilo de vida funcionou, mas aos poucos começou a sentir um vazio cada vez maior - e nem imaginava que a solução estava bem ao seu lado. Desde o jardim de infância, Sarah era sua melhor amiga. Depois que ela sofreu sua primeira grande decepção amorosa, eles ficaram ainda mais próximos, e a turma inteira percebia que estava rolando um clima...Só faltava admitir. Mas manter um relacionamento para valer significaria compartilhar as aflições que Ollie estava acostumado a guardar a sete chaves. Suas angústias iam desde as mudanças de humor repentinas da mãe, que passava da depressão ao êxtase num piscar de olhos, até o descaso completo do pai. Isso sem falar em um problema de saúde que ele escondia até dos melhores amigos...Ollie precisava descobrir um jeito de enfrentar essa situação sem magoar a si mesmo - e sem machucar a garota com quem mais se importava. 

Oii galera, hoje à resenha é do livro" A Garota certa" da Ali Cronin, esse é o quinto da série "garota<3garoto" e eu amo essa saga, não é a melhor que eu já li, mas sabe quando você tem amor pelos personagens? Então, esse é o meu caso, e só de pensar que falta apenas um livro para acabar a série me dá até um tristeza :/ . Maaaas, vamos falar desse que li né mesmo, bom o foco desses livros é narrar o último ano do ensino médio de um grupo de amigos, em cada livro temos um protagonista diferente, e nesse volume conheceremos um pouco mais sobre Ollie, o "pegador" da turma.

Ollie, é popular e cobiçado por várias meninas do colégio, ele nunca quis nenhum compromisso sério com ninguém, nunca se apaixonou, porém tudo parece mudar quando ele fica em dúvida quanto aos seus sentimentos em relação a Sarah , sua melhor amiga desde o jardim de infância. Mas, ficar com Sarah é ter de compartilhar seus problemas e isso não está nos planos de Ollie, ele não pode passar a imagem de "coitado" para o grupo. Então, ele precisa entender o que está sentindo e como isso pode afetar a relação dele com a melhor amiga, enquanto isso Ollie precisa lidar com sérias questões familiares e com a sua frágil saúde.

"Tinha muita coisa acontecendo comigo. Muita coisa errada. Torcer para que eu escapasse da minha terrível realidade era utopia. Esta era a minha vida: mãe doente, pai inútil, eu juntando os cacos. Sarah era preciosa demais para que eu a colocasse num cenário desses."

Ali Cronin, trouxe para a história grande carga de dramaticidade, senti que esse foi o livro mais sério e intenso que eu li até agora da série. O foco não foi tanto no romance em si, mas sim nos problemas enfrentados pelo personagem em casa com a sua família e com ele próprio: uma mãe bipolar, um pai ausente e seus problemas de saúde que ele não compartilha com ninguém, nem mesmo com seus amigos, isso deixou a trama mais envolvente e emocionante, foi uma ótima cartada da autora que tem como característica tratar de temas sérios de forma tranquila e leve, até porque acredito que o foco é passar uma mensagem importante ao leitor da forma mais descontraída possível. A escrita da Ali como sempre é bem gostosa e típica da fase adolescente, o que me cativa bastante e faz a leitura fluir, com personagens bem reais e que se assemelham bastante a nós mesmos na época do ensino médio.

"Talvez... Enfim, é complicado... Às vezes gostar de alguém não é o suficiente."

"A garota certa" é por enquanto o meu favorito da saga e o que me conquistou foi o fato de não termos apenas um YA bobinho e que gira em torno só do romance, mas sim a capacidade de tratar de assuntos sérios e que não são tão comentados assim como a bipolaridade, depressão, a insegurança e a importância de conversamos com alguém sobre nossos problemas, e isso tudo foi abordado de maneira leve e serena. Foi uma leitura mais madura, mas que não perdeu a essência dos livros YA.

"Seu cabelo é tão macio, seu perfume, tão bom 
 Você me faz rir e me acha engraçado
 Não estou dizendo que fomos feitos um para o outro
 Mas, linda, você me completa."



Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!




  


2 Comentários

  1. Olá!

    Nossa, eu gostei bastante da sua resenha. Não conhecia o livro e nem sabia que era uma série. Gostei da ideia e parece ser um livro com uma leitura leve, o que adoro!

    Não conhecia o seu blog, mas ele é lindo! Já estou seguindo. :D Convido você para conhecer o meu cantinho também: http://psamoleitura.blogspot.com.br

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, é uma série bem legal de ler, leve e divertida, eu indico bastante. Eu amei o seu blog, ganhou mais uma seguidora <3
      -Beijos, Carol

      Excluir