Título: Vinte garotos no verão 

Autora: Sarah Ockler

Editora: Novo Conceito

Ano: 2014

Páginas: 288


Sinopse: Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.

Oii galera, a resenha de hoje é de um livro que eu queria já faz um tempinho, acho que desde quando teve o seu lançamento e finalmente eu comprei e li "Vinte garotos no verão", um livro incrível. Esse livro conta a história de Anna, uma adolescente que tinha como melhores amigos Frankie e seu irmão mais velho Matt, o único detalhe é que ela era apaixonada por Matt e viveu com ele seu primeiro amor, o problema é que Matt morreu em um acidente de carro. E um ano após a tragédia, Frankie decide que ela e sua melhor amiga Anna devem ter as melhores férias de verão da vida, e o lugar escolhido é a praia em que ela e seu irmão iam todos os anos com os pais e propõe o seguinte desafio: um garoto para cada dia das férias, vinte dias = vinte garotos. Mas para Anna nem tudo é um mar de rosas: como contar para sua melhor amiga que ela sempre foi apaixonada e viveu um grande amor com seu irmão? E o pior de tudo: ela ainda não superou a perda.

"Apenas engulo em seco. Faço que sim e sorrio. Um pé diante do outro. Estou bem, obrigada por não perguntar."

Após a tragédia, todos mudaram, Frankie já não era mais a menina meiga e doce de antes, agora era rebelde e extravagante, seus pais passavam por uma crise no casamento e não sabiam a maneira correta de lidar com a filha e Anna vivia com a dor da perda e com a culpa de não poder contar e nem desabafar com ninguém sobre a relação dela com Matt, pois ela havia prometido à ele que não contaria nada e pretendia cumprir com sua palavra.

Iniciei a leitura já sabendo que iria gostar da história, pois gosto muito de young adult com drama. Sarah Ockler soube criar uma trama tão realista em que sentimentos como luto, a dor da perda e a culpa era tão sinceros que transcendiam o livro e atingia o leitor que se envolvia com a história vivida pelos personagens. Apesar de se tratar inicialmente de um livro com uma premissa triste em nenhum momento o livro foi dramático ou maçante.

A escrita da autora é uma delícia e fácil de ser lida, com uma narrativa em primeira pessoa sob o ponto de vista da Anna, vemos como a vida pode ser difícil, triste, alegre, feia ou linda, tudo depende do momento pelo qual passamos, nunca se sabe o que vai acontecer, e qualquer coisa pode nos mudar de uma hora pra outra. Sarah soube construir personagens reais e humanos que erram e aprendem com seus erros, ninguém é perfeito.

"Vinte garotos no verão" é um livro sensível que trata sobre perda, luto, mentiras, amor e superação. Foi um livro que me fez pensar na vida, em como nos importamos com quem amamos e necessidade de ter alguém ao seu lado para lhe apoiar e confortar, um YA que me marcou de uma forma linda, um livro que todos deveriam ler.

"Toda história é parte de um todo, de uma vida toda, entende? Feliz, triste, trágica, seja o que for, mas uma vida toda."




Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!





3 Comentários

  1. Oi, Carol!
    Eu acho a capa desse livro bem diferente, com esse coração de papel.
    Eu tinha uma ideia bem diferente desse livro, mas depois que descobri do que se trata, quero muito ler. Também curto um YA com drama.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho este livro há mais de1 ano na minha estante sem ter lido...Ainda hoje mesmo vi uma resenha em vídeo sobre este livro e a menina elogiou muito, fiquei mesmo com vontade de pegá-lo na estante e começar logo...

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol, tudo certinho?
    Eu não sou muito chegada em livros de drama, mas a sua resenha me fez ficar curiosa!
    Não conhecia o livro ainda, mas espero que eu consiga ler e que goste da mesma forma que você gostou :)
    Parabéns pela resenha, adorei!
    Bejinhos

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir