Título: Legend

Trilogia: Legend, volume 1

Autora: Marie Lu 

Editora: Rocco

Páginas: 256

Ano: 2014

Sinopse: Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Oii galera, hoje a resenha é de uma das distopias mais bem comentada atualmente entre os leitores, "Legend" aguçou minha curiosidade e nada mais justo do que ler para saber se é mesmo isso tudo que tantos falam. O livro se passa em um mundo distópico conhecido como República da América e contará a história de dois jovens: Day o criminoso mais procurado pelo governo e June uma garota que promete ser o futuro da República, ambos não se conhecem e são de círculos diferentes, mas tudo muda quando o irmão de June é assassinado e Day se torna o principal suspeito, prometendo vingar a morte do irmão a jovem resolve de todas as maneiras conseguir encontrar e matar Day, no entanto quando se cruzam ambos descobrem que o governo não é tão bom quanto parece e que esconde segredos sombrios da população.

June é o futuro da nação, inteligente, astuta, forte e hábil o governo aposta nela todas as fichas de que será uma ótima representante do exército. Day, porém não é diferente de June em nenhum momento com as mesmas características tanto físicas como psicológicas ele é o inimigo número um do governo, uma espécie de Robin Hood moderno: rouba dos ricos e dá aos pobres. Ninguém sabe qual a aparência de Day, ele é em cada momento uma pessoa diferente e ninguém jamais conseguiu captura-lo, no entanto as regras do jogo mudaram e agora ele tem uma oponente a sua altura: June.

No decorrer da trama, vamos vendo esse jogo de gato e rato, o predador e a presa, e temos a evolução da história desde o momento que ambos se encontram até o momento que se inicia a desconfiança contra o governo, Marie Lu construiu um enredo bem interligado, com uma escrita bem estruturada e cheia de detalhes o leitor é arrastado para um mundo de intrigas, mentiras e mistérios.O livro é narrado em cada capítulo sob o ponto de vista de um dos protagonistas: o Day e a June.

Confesso que ler o livro com altas expectativas fez com que eu me decepcionasse um pouco, digamos que o livro não é ruim ou algo do tipo, porém ele não me cativou ao ponto de eu não conseguir desgrudar do livro, a leitura atingia um clímax em que a história ficava cheia de ação e mistério, porém durava dois capítulos ou três no máximo e o nível caía, senti que a escritora não conseguia manter um ritmo mais frenético, que chamasse a atenção do leitor para querer ler mais e mais até saber o fim da história.

"Legend" é uma distopia até que um pouco genérica com um governo opressor, intrigas, mentiras, mistérios e até mesmo um leve romance, o que diferencia a trama é a construção de protagonistas diferentes daqueles dos quais estamos acostumados aqui temos pessoas astutas, inteligentes, que dão cada passo de forma minimamente calculada e que são ao mesmo tempo diferentes, mas iguais, ou seja de círculos sociais diferentes, porém iguais na forma de pensar e agir.Para quem procura um distopia leve, curta é bem escrita e desenvolvida então "Legend" é uma boa pedida, mas não vá com altas expectativas, okay? okay!

“-Nunca lhe perguntei sobre esse nome de guerra. Por que Day?
-Porque cada dia significa novas 24 horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro."




Espero que tenham gostado da resenha.
- Beijos, Carol!






2 Comentários

  1. Oi, Ana!
    Eu li Legend tem anos e me lembro pouco da história, mas lembro que gostei muito!
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lu, fui com muitas expectativas no livro, acho que foi isso que atrapalhou na hora de ler :/
      - Beijos, Carol!

      Excluir