Título: O Herdeiro de Eddon

Série: Reino das Sombras, volume 1

Autor: M. P. Telles 

Páginas: 243 

Ano: 2015

Sinopse: O embrulho chegou meio surrado na casa número treze da rua das Gamélias. Era uma manhã cinzenta de domingo e alguma coisa estranha pairava no ar. Hugo Tomas estava completando seus quinze anos, e de tudo que ele esperava receber na manhã de seu aniversário, nada se parecia com o que havia dentro daquele embrulho sem remetente. Mal sabia que aquele estranho embrulho trouxera junto uma força obscura, que poderia mudar o rumo do mundo dos humanos e daqueles que ele ainda não havia conhecido.



Oii galera, hoje tem mais uma resenha pra vocês de um livro que li no comecinho de novembro que é "O Herdeiro de Eddon" uma fantasia que contará a história de um mundo perdido (Eddon), os habitantes desse extinto mundo agora vivem entre os humanos, mas de forma discreta para não serem descobertos entre esse seres temos bruxas, vampiros , fadas, entre outros. A história se inicia com o protagonista da história Hugo, um menino que no seu aniversário de 15 anos recebe um misterioso embrulho que fará com que ele descubra um pouco mais sobre esse antigo reino.

Mas, como nem tudo é fácil, Hugo descobrirá que alguns habitantes de Eddon querem dominar o mundo dos humanos sob o comando de um poderoso vilão Sillas que não medirá esforços para destruir os seres humanos e conseguir poder e imortalidade. Mas, o nosso pequeno protagonista contará com a ajuda de um vounir chamado Moris que é uma espécie de protetor que ajudará Hugo a salvar o seu mundo e manter o equilíbrio que ameaça ser desfeito.

"Existe apenas três regras básicas que você deve aprender nesse momento:
1- Tempos obscuros se aproximam, então a coragem é fundamental para poder viver.
2- A morte pode estar ao seu lado, mas a vida vence qualquer medo.
3- Nem tudo é o que parece e nem tudo que parece é o que é."

O livro por ser introdutório traz apenas a apresentação das personagens e do mundo fantástico, na minha opinião o autor poderia ter abordado um pouco mais sobre o passado de Sillas e Moris, mas isso não tira o encanto do livro e apenas deixa o leitor com mais curiosidade para saber o porquê dessa eminente guerra entre o mundo no qual conhecemos e os habitantes de Eddon. A linguagem do Telles me surpreendeu bastante por caracterizar tudo nos mínimos detalhes isso ajuda o leitor a imaginar melhor a história. 

Por ser o primeiro de uma série, esse é um livro de iniciação, de mostrar ao leitor tudo o que ainda tem por vim, apresentação das personagens e o início do conflito. A trama tem essa pegada fantasiosa, porém em alguns momentos ela tem um tom sombrio o que ficou muito bom, já estou esperando ansiosa pelo próximo livro para saber qual vai ser o rumo da história.

"Nós somos depois da morte o que deixamos enquanto vivos, um legado, uma esperança, um porque. Não vivemos apenas para deixar o mundo mais bonito, vivemos para deixar esperança e história para aqueles que virão depois. Sabe porque os humanos vivem tão futilmente? Porque apenas vivem por viverem e conquistarem o que eles querem usufruir quando vivos. Mas o povo de Eddon vive para deixar uma continuidade para quem virá."



Espero que tenham gostado da resenha.
-Beijos, Carol !

*livro cedido em parceria com o autor, muito obrigada!






Deixe um comentário